X

O que é tão bom em estar solteiro?

Muitas coisas! Leia e descubra…

Admito que existem dias em que se eu pudesse escrever um artigo chamado “Por que ser solteiro é uma droga”, seria capaz de escrever muito. Dias em que toda a minha igreja parece estar repleta de casais felizes com seus lindos filhos, enquanto estou sentada sozinha. Ou quando recebo outro convite de casamento e não consigo imaginar quem eu poderia convidar para me acompanhar ou até mesmo quem seria a pessoa que poderia estar no altar comigo quando minha vez chegar.

Felizmente, esta não é toda a história. Outro dia, Karen e eu (minha colega de quarto) aproveitávamos nossa tradição de sábado de manhã: panquecas de banana com chocolate, Karen vestida de calça de flanela e camiseta e eu de pijamas e de cabelo preso como a Pedrita, dos Flintstones. Enquanto nos sentávamos na frente da TV para assistir a uma reprise de nosso seriado favorito, olhei para ela, sorri e disse: “Você não está feliz por sermos solteiras?” Ela olhou para a forma como estávamos vestidas, a bagunça da cozinha, os homens lindos na televisão e, gargalhando, concordou comigo. Aqui estão outras razões pelas quais é bom estar solteiro:

Liberdade - Depois de comer nossa cota de panquecas naquela manhã, percebemos o dia lindo que fazia lá fora. Karen olhou para mim e disse: “Duas palavras: Lago Michigan!” Uma hora depois estávamos no meu carro, com um frisbee no banco de trás, tênis nos pés, nosso café preferido na caneca térmica e a trilha sonora preferida em alto e bom som no carro com as janelas abertas. Em poucos minutos estaríamos respirando o ar fresco e gastando a cafeína acumulada na margem rochosa do Lago Michigan. Ahhh, a vida de solteira!!!

Espontaneidade, Liberdade e Flexibilidade. São algumas das melhores coisas em estar solteira.
Estar solteira permitiu que Karen, uma professora primária, dedicasse suas férias de verão ensinando crianças em um acampamento para crianças carentes. Estar solteira permitiu que minha amiga Cheryl viajasse para a Rússia para compartilhar sua fé com estudantes universitários. Permitiu que Julie tivesse tempo de criar o jardim mais bonito do subúrbio. E permitiu que eu visitasse minha amiga Christa na Alemanha, vivendo a experiência da viagem à Europa sem sentir falta de marido e filhos deixados em casa. É claro que em alguns momentos gostaríamos de ter a estrutura de jantares à noite e histórias para contar na hora de dormir, mas no momento estamos aproveitando ao máximo a flexibilidade de nosso dia-a-dia.

Amigas casadas - Há alguns meses, fui almoçar com Carla e Annette, duas colegas de trabalho cristãs, ambas possuem casamentos que admiro. Conforme falávamos sobre o casamento de uma amiga que aconteceria em breve, a conversa chegou ao tema sexo. Permaneci em silêncio enquanto ouvia minhas amigas dizendo que nem sempre o sexo é uma experiência satisfatória. “Muitas vezes é estranho e bagunçado”, elas admitiam. Como mulher solteira em uma sociedade saturada pelo sexo, às vezes preciso ouvir isso.

Ouvindo minhas amigas casadas ao longo dos anos, aprendi que o casamento não é sempre “chocolate e romance” ou a cura para todos os problemas. Minhas amigas não estão denegrindo a imagem de seus maridos, estão apenas falando sobre a realidade. Estar solteira tem seus dias difíceis, mas estas amigas me ajudaram a lembrar que a vida de casada também tem.

Amigos homens - Temos nossa opinião e resposta para a tradicional pergunta: Homens e mulheres podem ser “apenas bons amigos”? Em minha vida especificamente, a resposta é sim. E estou feliz por isso! Porque sem a ajuda de homens como Ray e Max em minha vida, a falta de um marido ou namorado poderia tomar proporções ainda maiores. Conheci Ray em meu grupo de estudo bíblico, ele me inspira a conhecer mais a Deus, ora por mim e é amigo para a vida. Uma vez até compartilhou comigo seus dons de marcenaria quando eu tentava desmontar uma estante de livros para fazer algumas modificações na pintura. Conheci Max através de um contato de trabalho, nos falamos por telefone, trocamos energia criativa, contabilidade para nossos projetos e insights valiosos sobre o sexo oposto.

Realmente creio que Deus trouxe estes amigos para minha vida. Se estivéssemos casados agora, não tenho certeza de que poderíamos ser amigos. Sei que não seríamos tão próximos como somos agora. Então, neste momento, nesta fase solteira de minha vida, estou aproveitando o tempo com os amigos.

Sozinha - Nos primeiros oito meses após o final da faculdade, morei sozinha. O que poderia ter sido o tempo mais solitário de minha vida tornou-se um dos tempos mais preciosos. Eu orava em voz alta enquanto lavava a louça, cantava com o rádio ligado em volume alto sem ter vergonha, sentava para ler um bom livro e lia ininterruptamente por horas e horas.

A riqueza deste tempo em minha vida é algo que eu não trocaria por nada: até mesmo os dias em que o silêncio realmente se tornou solidão. E mesmo naqueles dias, sem ter ninguém para conversar, eu clamava a Deus e sentia sua presença mais claramente do que se eu tivesse a distração do dia-a-dia de marido e filhos.

Aprendi que estar sozinha em público também tem seus benefícios. No outono passado, fiz uma viagem de trabalho para Nova York, e estava sozinha. Minhas noites eram livres, a Broadway estava a poucos quarteirões de distância, então me enchi de coragem e fui assistir a um show sozinha. No intervalo, comecei a conversar com uma mãe que estava sentada ao meu lado. Descobri que ela e a família eram da Dinamarca e estavam passeando nos Estados Unidos pela primeira vez.

Conversamos por alguns minutos e trocamos informações culturais interessantes. Na noite seguinte, saí para jantar em um restaurante italiano com uma mulher que conheci nos seminários de trabalho. Ela era de outro estado e, após o jantar, passeamos no Rockefeller Center e as pessoas observavam nossa conversa que tinha como tema o trabalho e nossas cidades de origem. Como eu não tinha que me adequar à agenda de ninguém, estava livre para fazer estes passeios espontâneos e interagir com pessoas interessantes.

Karen (colega de quarto) e eu temos três outras amigas: Julie, Lisa e Ruth; nosso grupo é denominado de forma bem-humorada como “a gangue”. Estas são o tipo de amigas que me dão caronas para o aeroporto às 6 da manhã ou trazem sacos de dormir e pantufas quando vêm para meu apartamento assistir a um filme. Rimos juntas quando um namorado bateu o carro quebrando a cerca da casa de Julie; choramos juntas quando a saúde do avô de Lisa se deteriorou de forma rápida culminando em sua morte recentemente; celebramos juntas quando Karen comprou seu primeiro carro no ano passado. Há alguns anos até viajamos juntas para San Antonio, pois realmente precisávamos de férias.

Precisei de tempo para desenvolver estas amizades próximas, mas ao olhar para trás fica claro que Deus colocou cada uma dessas preciosas amigas em minha vida. Sei que nossos vínculos serão modificados uma vez que maridos finalmente adentrarem a cena. Mas, até que este homem especial chegue à minha vida, sou grata por estas amigas especiais que ajudam a suprir algumas de minhas necessidades relacionais. E enxergar a forma como Deus trouxe cada uma delas para minha vida no tempo certo, renova minha fé de que se um marido faz parte do plano de Deus para mim, Ele fará o mesmo com este homem especial.

Aproveite ao máximo sua vida de solteiro

1. Pergunte
Converse com seus amigos casados e pergunte a respeito do que sentem falta, o que faziam quando eram solteiros. Seria uma noite de filmes e pipoca com os amigos? O tempo livre para fazer uma aula de fotografia? Aproveite estas oportunidades que se apresentam agora, para que você não se arrependa depois.

2. Faça uma lista
O que você sonha em realizar durante a vida? Escrever um livro? Viajar para a Itália? Participar de uma viagem missionária de curto prazo? Escreva tudo isso em uma lista, escolha uma delas para começar e vá em frente. Não permita que a espera por um marido ou esposa paralise sua vida.

3. Ore
Eclesiastes 3 nos diz que existem propósitos específicos para cada fase da vida. Pergunte a Deus quais as coisas que Ele deseja que você faça ou que Ele quer que você aprenda enquanto está solteiro. Obedecer a estas coisas o trará para perto de Deus, o que tornará sua jornada muito mais enriquecedora.

4. Invista nos outros
Uma vez que você não está focando toda a sua energia relacional em um marido ou esposa, você tem muito para oferecer. Dar aulas na Escola Dominical, ajudar famílias carentes, vizinhos, amigos, pessoas que têm necessidades podem ser eternamente abençoadas através do seu envolvimento em suas vidas. E a alegria que você receberá ao ajudar e investir em outros, ajudará a preencher o vazio de seus dias solitários.

5. Siga em frente
Há muito para ser visto e feito neste mundo enorme, e agora é sua melhor chance de fazer isto. Uma viagem com seus amigos é sempre uma experiência que aprofunda os vínculos. E nunca é tarde demais para uma viagem de férias em família. Enriqueça sua vida alargando suas fronteiras. (Você nunca sabe quem vai conhecer pelo caminho...)

Creia no senhor jesus e serás salvo. (Atos 16.31)

biblia sagrada (cristo jesus)

mais frases

Powered by Genesis Digital